Decreto é prorrogado e atividades são suspensas em Maringá

Em reunião, nesta sexta-feira (26), o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura Municipal de Maringá decidiu prorrogar o decreto nº 674, instituído em 15 de março de 2021, com algumas alterações. O novo decreto começa a valer às 5 horas do dia 29 de março e se estende até às 5 horas do dia 6 de abril.

A medida suspende algumas atividades comerciais e serviços nos dias 2, 3 e 4 de abril. Durante esses dias, podem funcionar os postos de combustíveis, exceto a loja de conveniência; distribuidoras de água e gás; farmácias; clínicas médicas e laboratórios de análises clínicas, radiologia e congêneres. 

Os templos religiosos terão autonomia para organizar as atividades com a presença de até 15% da capacidade do local, com exceção dos dias 2, 3 e 4 de abril, quando a capacidade poderá ser de até 30%.

Alimentação

Restaurantes, lanchonetes, carrinhos de lanche, food trucks, lojas da praça de alimentação dos shoppings, padarias, açougues, casas de massas, peixarias, quitandas, frutarias e similares, poderão funcionar de segunda-feira a domingo, com atendimento presencial e consumo no local até às 15 horas. As modalidades de retirada no balcão e drive-thru ficarão liberadas até às 20 horas e o delivery até às 23 horas. 

Academias

As academias de pilates, ginástica, luta, natação e similares estarão autorizadas a funcionar das 6h às 19h30 horas, com até 30% de capacidade máxima. Aulas e treinos deverão ter, no máximo, 50 minutos e a frequência deve funcionar somente com agendamento prévio.

É obrigatório o uso de máscaras durante todas as atividades. Os espaços também deverão disponibilizar tapete sanitizante na entrada e organizar a entrega de um kit para cada aluno, com álcool 70% e toalhas ou lenços para higienização de cada equipamento.

Colaboração Prefeitura de Maringá