Em oito dias, operação especial fiscaliza mais de 4,6 estabelecimentos

Em oito dias de operação especial e estratégica, promovida pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, foram fiscalizados 4.682 estabelecimentos comerciais no Paraná. Destes, 199 deles foram interditados e 209 multados. As infrações são relacionadas ao descumprimento do Decreto 6.983/2021, publicado na sexta-feira (26) pelo Governo do Estado, com o objetivo de controlar a disseminação do coronavírus.

De acordo com o balanço da Secretaria da Segurança Pública do Paraná, divulgado neste domingo (07), foram 2.587 denúncias recebidas e 511 ocorrências constatadas pelos agentes de segurança. Ocorreram 1.566 ações de dispersão de aglomerações de pessoas, 401 prisões de adultos e 84 apreensões de adolescentes. O relatório aponta a apreensão de 18 armas de fogo, 126 equipamentos e 159 veículos. Foram aplicadas 332 multas.

Para o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, parte da população tem seguido bem as regras. “Muito estão nos ajudando neste momento que precisamos frear o avanço da doença. No entanto, nossas forças policiais ainda precisam agir em lugares onde pessoas insistem em desobedecer as normas colocando dezenas de outras em risco”, explica.

Regras

O Decreto 6.983/2021 foi renovado nesta sexta-feira (5) por mais 48 horas, portanto, tem validade até a quarta-feira (10). Após esse prazo, entra em vigor a normativa do Decreto 7.020/2021, que mantém a restrição de circulação de pessoas e a venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais de uso coletivo após as 20h, além de suspender qualquer tipo de evento com aglomeração.

O novo texto também afirma que compete à Secretaria de Segurança Pública, em cooperação com as guardas municipais, manter uma operação diária e intensa de fiscalização nas ruas. A população pode denunciar pelos canais oficiais 181 e 190.

Colaboração AEN