EUA se preparam para lutar contra ômicron, mas é cedo para lockdown, diz Fauci

WASHINGTON (Reuters) – Os norte-americanos devem estar preparados para lutar contra a propagação da nova variante de Covid-19 ômicron, mas é muito cedo para dizer quais ações são necessárias, incluindo possíveis lockdowns, disse neste domingo o doutor Anthony Fauci, principal especialista em doenças infecciosas do país.

Os Estados Unidos devem fazer “tudo e qualquer coisa” em meio aos prováveis ​​casos da variante, mas é “muito cedo para dizer” se novos lockdowns serão necessários, disse Fauci à ABC News.

“Você quer estar preparado para fazer tudo e qualquer coisa”, acrescentou.

A ômicron, descoberta pela primeira vez na África do Sul e anunciada nos últimos dias, tem sido detectada em um número crescente de outros países.

Fauci, em entrevista à NBC News no sábado, havia dito que era possível que ela já estivesse nos Estados Unidos, embora nenhum caso oficial tenha sido confirmado.

Autoridades de saúde dos EUA falarão novamente com seus colegas sul-africanos sobre a variante no domingo, afirmou Fauci ao programa “This Week” da ABC News em uma entrevista separada.