Presidente argentino recebe alta médica após infecção por Covid-19

BUENOS AIRES (Reuters) – O presidente argentino, Alberto Fernández, recebeu alta médica nesta quarta-feira após teste positivo para Covid-19 no início de abril, embora ele não tenha apresentado mais do que sintomas leves, e seguiu trabalhando durante período de isolamento.

Fernández, de 62 anos, tomou duas doses da vacina russa Sputnik V contra Covid-19 no início do ano. Seu resultado positivo ocorreu em um momento em que o país é atingido por uma segunda onda de infecções, com um número recorde de casos diários esta semana.

A Unidade Médica Presidencial afirmou em comunicado que Fernández goza de boa saúde, evolui favoravelmente, está assintomático e que regressará ao trabalho na quinta-feira.

“Na quinta-feira, 15, ele retomará suas atividades habituais. Ele continuará com os controles médicos após ter sofrido de Covid-19”, acrescentou.

(Reportagem de Nicolas Misculin)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3D1IF-VIEWIMAGE