Show em Barcelona com 5 mil pessoas não provoca aumento de infecções

Por Luis Felipe Castilleja e Jordi Rubio

BARCELONA (Reuters) – Um espetáculo de teste realizado na cidade espanhola de Barcelona no qual cinco mil pessoas fizeram exames rápidos de Covid-19 e se espremeram em um local de apresentações sem distanciamento social não provocou um aumento de infecções, disseram organizadores nesta terça-feira, o que dá esperança ao setor da música ao vivo.

Duas semanas após o show da banda indie catalã Love of Lesbian, só seis casos de coronavírus foram detectados entre os espectadores, disse o supervisor médico, doutor Josep Maria Llibre, em uma coletiva de imprensa.

A cifra equivale a cerca de metade da taxa de infecção da população geral de Barcelona tal como medida nas últimas duas semanas, disse Llibre, especialista em clínica médica do Hospital Germans Trias i Pujol.

“Este não foi um evento super disseminador”, disse ele, e não há sinais de que as seis infecções ocorreram no local.

“Estes são dados muito tranquilizadores, e acreditamos que podem ser úteis para a retomada de atividades culturais em todo o mundo.”

No dia do show, os espectadores tiveram que fazer um exame em uma de três localidades da cidade e mostrar um resultado negativo para entrar na arena Palau Sant Jordi.

Os espectadores receberam os resultados em 10 a 15 minutos por meio de um aplicativo em seus celulares. O exame e a máscara estavam inclusos no preço do ingresso.

Depois do espetáculo, médicos ligaram para os espectadores para saber se tinham sintomas ou haviam recebido resultados postivos.

(Reportagem adicional de Albert Gea)