Turquia inicia aplicação de vacina própria contra covid-19 em meio a surto de casos

ANCARA (Reuters) – A Turquia começou a aplicar nesta quinta-feira (30) uma vacina desenvolvida localmente contra a covid-19, a Turkovac, em hospitais ao redor do país, em meio a um surto de infecções gerado pela variante Ômicron.

A Turquia já aplicou mais de 130 milhões de doses de vacinas usando imunizantes desenvolvidos pela chinesa Sinovac e pela Pfizer/BioNTech, e também começou a dar doses de reforço.

A Turkovac recebeu autorização para uso emergencial das autoridades turcas na semana passada, após o seu lançamento ter sido atrasado em meses.

Os casos diários de coronavírus pularam para além de 30.000 esta semana pela primeira vez desde outubro no país. Novas infecções subiram 30% na segunda-feira, e cresceram para mais de 36.000 na quarta-feira, a maior quantidade em um dia desde 29 de abril.

O ministro da Saúde, Fahrettin Koca, pediu que os cidadãos tomem suas doses de reforço.

Koca se reuniu com o conselho científico de coronavírus do país na quarta-feira para discutir o lançamento da Turkovac e as crescentes infecções, após receber a sua dose de reforço com uma vacina nacional, mas disse que novas restrições não estavam sendo consideradas no momento.

“A disseminação rápida da variante Ômicron não está causando uma mudança nas medidas. A importância de medidas pessoais contra a variante que se dissemina mais rapidamente cresceu bastante”, disse Koca, em um comunicado, após uma reunião com o conselho científico.

(Por Tuvan Gumrukcu)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHBT0MZ-VIEWIMAGE