Dia das mães deve impulsionar crescimento de 19% nas vendas de shoppings

Um levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), divulgado nesta quarta-feira (4), apontou para um crescimento de 19% nas vendas de lojas de shoppings durante o Dia das Mães. Segundo os dados, a data, classificada como a segunda mais significativa para o varejo, deve movimentar R$ 4,9 bilhões em compras.

Entre os itens mais procurados estão perfumes e cosméticos, com 95% de procura, roupas, com 81%, joias, 73%, e calçados, com 71%. Caso as expectativas se confirmem, o cenário representará um faturamento 12% maior do que o alcançado em 2019, uma vez que o ticket médio de consumo deste ano gira em torno de R$ 250.

Para o presidente da Abrasce, Glauco Humai, mesmo diante do cenário macroeconômico atual, os shoppings estão otimistas em relação à data.

“A inflação e o desemprego foram citados por 42% dos respondentes como fatores externos que mais devem limitar o consumo no Dia das Mães, mas mesmo com essa percepção, os shoppings já constatam a melhoria contínua de vendas e de fluxo de frequentadores e esse termômetro positivo reforça a expectativa de bons resultados para a data”, diz.

Informações de SBT News