Dia Mundial da Amazônia: bioma perde 12% de florestas em 37 anos

Um levantamento divulgado pelo MapBiomas, iniciativa do Observatório do Clima com apoio de universidades, ONGs e empresas de tecnologia, revela que a Amazônia perdeu o equivalente a 12% de florestas nos últimos 37 anos.

A atualização dos dados sobre uso e cobertura da terra de 1985 a 2021 demonstrou que 44 milhões de hectares foram perdidos. O desmatamento é o equivalente a dez vezes a área de todo o estado do Rio de Janeiro. Até o ano passado, a área de floresta ocupava 78,7% do bioma.

Além da perda de vegetação nativa, a Amazônia também está perdendo água, segundo o levantamento. Em 20 anos, a Amazônia perdeu 1,7 Mha de superfície de água, uma diminuição de 14,5%. O estado mais afetado foi Roraima: em 25 anos foram 317 mil ha perdidos — uma redução de 53%. Amazonas e Pará, onde ficam grandes bacias hidrográficas, como dos rios Amazonas e Tapajós, concentram 84,2% de toda a superfície de água do bioma.

Dia da Amazônia

Para chamar atenção sobre os problemas que ameaçam a maior floresta tropical do mundo, neste domingo (04.set), atos em várias capitais do país serão organizados por meio do movimento Amazônia de Pé. O nome foi escolhido pelas entidades não governamentais organizadoras como forma de sensibiliar à sociedade. 

Em Brasília, a ação é organizada pelo Movimento Viver Bem e a intenção é aproveitar a agenda para colher 1,5 milhão de assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular pela Amazônia de Pé. A programação inclui a apresentação de artistas locais, a partir das 16h no gramado do Eixo Cultural Ibero-Americano, na área central da Capital do país. 

“A Amazônia está queimando, literalmente, nesse mês de setembro. Em todo o Brasil as pessoas estão se mobilizando em torno dessa campanha para aprovar a lei que destina para os povos indígenas e comunidades tradicionais as áreas que nesse momento estão sob ameaça do agronegócio, do garimpo e dos madeireiros”, afirma Thiago Ávila, socioambientalista e cofundador do Movimento Bem Viver.

O Dia da Amazônia foi instituído pela Lei 1.621 de 19 de dezembro de 2007, com o objetivo de conscientizar à população sobre a importância da maior floresta tropical do mundo e da sua biodiversidade para o planeta.

O bioma conta com sete milhões de quilômetros quadrados, sendo cinco milhões e meio de florestas, e é considerado essencial para o equilíbrio ambiental do planeta e para a conservação dos recursos hídricos.