Como usar o FGTS emergencial de forma inteligente

No último mês de março, foi aprovada pelo governo federal uma medida provisória (MP) que permitiu mais um saque do FGTS emergencial. Mas como usar o FGTS emergencial para quitar suas dívidas?

Criado em 1996, o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) funciona como uma reserva de dinheiro para os trabalhadores.

Todo mês o valor de 8% do total bruto da verba salarial recebida pelo empregado é depositado pelo empregador em uma conta em nome dele na CAIXA. Muitos costumam ter essa dúvida, será possível utilizar o FGTS para quitar dívidas?

Neste texto você descobrirá a resposta e saberá como utilizar esse saque emergencial de forma inteligente, continue lendo e descubra.

Como usar o FGTS da melhor maneira para quitar minhas dívidas?

Sim, você pode usar seu FGTS para pagar suas dívidas, mas antes de fazer isso, busque organizar seu orçamento. Analise suas dívidas e defina uma ordem de prioridade para quitá-las, opte pelas com maiores juros primeiro, como as dívidas bancárias.

O saque emergencial não é obrigatório, e sim optativo. Nesse sentido, avalie se realmente vale a pena recorrer a esse dinheiro ou se não seria melhor organizar suas finanças para quitar as dívidas sem mexer no valor reservado pelo FGTS.

Outro ponto importante é: sempre negocie suas dívidas e busque pagar à vista, dessa forma é possível conseguir excelentes descontos.

Mas e se minha dívida for muito alta?

Em alguns casos as dívidas são altas e o limite para o saque do FGTS, de R$ 1 mil, pode não ser grande o suficiente para quitá-la. É o caso das dívidas bancárias, como: financiamentos, empréstimos pessoais, dívidas do cartão de crédito, entre outras.

Nesses casos, o primeiro passo é a negociação da dívida junto a uma assessoria, como a Solução Financeira. Com ela, é possível conseguir até 70% de desconto, o que já diminui consideravelmente o valor da dívida.

Mesmo assim, em débitos altos como esse, o valor do saque ainda fica longe do valor para a quitação. Em casos como esse, utilize o valor do FGTS como o pontapé inicial para juntar o valor da sua dívida e saiba que mesmo quem ganha pouco pode sim sair do débito.

Ainda ficou com dúvidas sobre o FGTS emergencial? Então acesse o texto: “Você sabe o que é o FGTS emergencial e como recebê-lo? Tire suas dúvidas agora”, lá você poderá saber um pouco mais sobre esse saque, como recebê-lo e verá o calendário de pagamento.