Instituições de ensino da Educação Especial continuam parceria com Governo do Paraná

Nesta segunda-feira, (25) foi publicado um aditivo no Diário Oficial do Estado que prorroga a parceria entre o Governo do Paraná e as instituições de ensino da Educação Especial, parceiras da Rede Estadual de Ensino, até o dia 31 de julho de 2021. Por mais seis meses, organizações como Apaes e coirmãs, terão incentivo financeiro de mais de R$130 milhões para a manutenção das atividades e atendimentos da Educação Especial.

O valor é destinado para 399 instituições parceiras, com fins financeiros voltados para a contratação de profissionais para o atendimento dos estudantes da Educação Especial e também, para as despesas de funcionamento das Escolas Especializadas ou Centros de Atendimento Educacional Especializado.

As parcerias entre o Estado e as organizações da sociedade civil existem há muito tempo. A ação conjunta assegura o processo de escolarização dos estudantes.

Investimento

O valor total disponibilizado para as instituições que mantêm Escolas Especializadas ou Centros de Atendimento Educacional Especializado é de R$ 130.712.942,32. São atendidos surdos, cegos, estudantes com deficiência intelectual, múltiplas deficiências e transtornos globais do desenvolvimento.

Aos estudantes matriculados nas escolas especializadas, as mantenedoras também podem ofertar, por meio de outras parcerias da área de saúde, o atendimento de equipes multiprofissionais, como neurologistas, pediatras, dentistas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e psicólogos.

Colaboração AEN