Paranaense da Rádio Vaticano dá aula de italiano para estudantes da rede estadual

Estudantes de italiano do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (Celem) da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR) tiveram a oportunidade de ter uma aula diretamente da Itália na última sexta-feira (2). O aulão por videoconferência teve como professor Silvonei José Protz, diretor do serviço em português da Rádio Vaticano, a emissora do Papa.

Natural de Guarapuava, o paranaense trouxe um pouco da história e curiosidades da cidade-estado, sede da Igreja Católica Romana no mundo. Radicado há mais de 30 anos em Roma, Silvonei traduz e faz a locução das mensagens do Santo Padre e dirige uma equipe de jornalistas que produz programas em Língua Portuguesa usados por 400 emissoras brasileiras e chegam a outros oito países, entre eles Angola e Moçambique.

“É muito estranho falar com pessoas da minha cidade em uma língua que não a nossa”, disse Protz com bom humor em italiano no começo do encontro. Mais a frente, questionado por uma aluna sobre a comunicação interna no Vaticano, disse que as pessoas falam em italiano, língua oficial do território junto com o latim. “É uma pequena Torre de Babel, com mais de 60 nacionalidades, uma riqueza sem tamanho poder conviver diariamente com pessoas de todos os cantos do planeta”, relatou o jornalista e também professor universitário, egresso do Colégio Estadual Antonio Tupy Pinheiro, de Guarapuava.

Ao passar por momentos históricos da Igreja e do próprio Vaticano – oficialmente uma  cidade-estado desde 1929 a partir do Tratado de Latrão – Protz relatou algumas curiosidades. Uma delas foi sobre o que por aqui conhecemos como “rua de paralelepípedo”. Por lá, esse tipo de pavimento de ruas e calçadas, típico do centro histórico de Roma, é o Sampietrini, chamado assim porque os primeiros foram colocados na Praça de São Pedro. Essa pavimentação com blocos de pedra foi difundida para vários locais, como podemos ver na própria capital paranaense, que até hoje preserva várias dessas ruas.

Informações da Seed-PR