Prefeitura abre inscrições para contratação de professores pelo PSS

Começa na próxima quarta-feira (22), às 10h, o prazo de inscrição para os interessados em participar do processo seletivo simplificado (PSS) da Prefeitura de Curitiba para a contratação temporária de professores para a função pública de Profissional do Magistério – docência I. A inscrição é feita gratuitamente, apenas pela internet, e ficará aberta até as 16h de 27 de setembro. Os interessados já podem fazer o seu cadastro pelo site, para que possam criar login e senha.

Os professores de docência I são responsáveis pelas atividades em turmas de educação infantil (em escola) e do 1º ao 5º ano (ciclos I e II do Ensino Fundamental).

A Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal (SMAP) orienta os interessados para que leiam atentamente o edital antes de fazer a inscrição.

O edital foi divulgado no diário oficial de sexta-feira (17) e pode ser consultado pelos candidatos no site da Prefeitura de Curitiba.

A expectativa é contratar temporariamente até 696 profissionais, incluindo 35 com deficiência, a partir de outubro. As convocações serão feitas de acordo com a necessidade da Secretaria da Educação, responsável pela gestão das unidades educacionais para as quais os professores serão designados. Os candidatos aprovados e convocados para contratação cumprirão jornada semanal de 20 horas e terão remuneração de R$ 2.044,84.

Além do edital, na página da Prefeitura de Curitiba, os candidatos podem buscar mais informações clicando em como se inscrever, disponível no canto superior direito do site.

Critérios de seleção

Não será realizada prova para a classificação dos candidatos, e vai ser avaliado o tempo de experiência e a conclusão de cursos superiores e especializações na área de educação.

A escolaridade mínima exigida é graduação, permitindo as seguintes possibilidades: Normal Superior na modalidade licenciatura ou Pedagogia (licenciatura plena) ou área específica e licenciatura plena, acrescido do Ensino Médio Completo na modalidade Normal (Magistério), ou Ensino Superior Completo – Graduação acrescido de Curso de Formação Pedagógica, conforme legislação educacional vigente pelo MEC, acrescido do Ensino Médio Completo na modalidade Normal (Magistério).

Com base nas informações de carreira e escolaridade, o candidato receberá uma pontuação entre 0 e 100, e os melhores colocados serão classificados.

O candidato deve cadastrar as informações da carreira no ato da inscrição, e caso seja convocado, deverá comprovar todos os dados fornecidos. Caso alguma informação esteja incorreta, o concorrente será desclassificado na etapa de entrega de documentos do PSS, por isso é fundamental que o formulário de inscrição seja preenchido corretamente.

Se o candidato fornecer algum dado incorreto ou se esquecer de preencher algum campo, é possível cancelar a inscrição e fazer outra, contanto que antes do prazo final para inscrições (16 horas de 27/9). Só é permitida uma única inscrição por candidato no PSS.

As datas para a etapa de entrega de documentação e assinatura de contrato ainda não foram definidas e serão informadas no site da Prefeitura. É dever do candidato acompanhar as atualizações e atentar-se aos prazos.

Todos os participantes deverão ter iniciado o esquema vacinal anticovid, na data da contratação. Para isso, será exigida a carteira de vacinação digital.

Restrições

Devido à situação de emergência pela covid-19, não haverá contratação de pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, gestantes e as que se enquadrem nas condições crônicas de saúde de natureza grave estabelecidas no decreto 975/2021 (veja lista abaixo).

Condições crônicas de saúde de natureza grave:

  • Doença respiratória crônica:
    • Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (moderada ou grave)
    • DPOC
    • Bronquiectasia
    • Fibrose cística
    • Doenças intersticiais do pulmão
    • Displasia broncopulmonar
    • Hipertensão arterial pulmonar
  • Doença cardíaca crônica:
    • Doença cardíaca congênita
    • Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade
    • Doença cardíaca isquêmica
    • Insuficiência cardíaca
  • Doença renal crônica:
    • Doença renal nos estágios 3, 4 e 5
    • Síndrome nefrótica
    • Paciente em diálise
  • Doença hepática crônica:
    • Atresia biliar
    • Hepatites crônicas
    • Cirrose
  • Doença neurológica crônica: condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica.
  • Pacientes com necessidades clínicas individuais específicas, incluindo AVC, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares.
  • Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular.
  • Deficiência neurológica grave.
  • Diabetes: diabetes mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.
  • Imunossupressão: imunodeficiência congênita ou adquirida e imunossupressão por doenças ou medicamentos.
  • Obesidade: obesidade grau III.
  • Transplantados: órgãos sólidos e medula óssea.