Espanha passa a tratar covid-19 como doença endêmica

O governo da Espanha anunciou, nesta segunda-feira (28), que irá tratar a covid-19 como uma doença endêmica, ou seja, quando a presença do vírus passa a ser esperada pelas autoridades de saúde, como é o caso da gripe. A decisão, segundo informado, foi aprovada na semana passada pela Comissão de Saúde Pública e entra em vigor a partir de hoje.

Para aqueles que testarem positivo para o vírus e não apresentarem sintomas graves da doença, não será mais necessário cumprir o período de isolamento social de sete dias. A quarentena, no entanto, continua obrigatória para casos graves e população considerada de alto risco, como idosos com mais de 60 anos, imunodeprimidos e gestantes.

As autoridades sanitárias também recomendam que os infectados permaneçam a maior parte do tempo em casa, mas, caso precisem sair, utilizem máscara e mantenham o distanciamento social. Todos os casos seguirão sendo monitorados, assim como o surgimento de novas variantes do vírus.

Depois de várias semanas com o número de infecções em queda, a taxa de infeção quinzenal na Espanha atingiu o patamar de cerca de 460 casos por 100 mil pessoas. O país também é responsável por uma das maiores coberturas vacinais, tendo 92,4% do público acima de 12 anos completamente imunizado.

Informações de SBT News