Foguete teste de impulsão arde em chamas durante teste em fábrica da SpaceX

Um foguete de impulsão desenvolvido pela SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, para sua espaçonave Starship de última geração pegou fogo em um teste de ignição em solo na segunda-feira no Texas, causando um provável atraso no objetivo de Musk de colocar sua Starship em órbita ainda neste ano.

“Sim, na verdade não é bom. A equipe está avaliando os prejuízos”, disse Musk no Twitter após a explosão do protótipo do Super Heavy Booster 7 no início da noite, como foi visto em uma transmissão registrada pelo website Nasa Spaceflight.

Não houve indicação imediata sobre feridos.

A explosão, que engoliu a base do foguete em uma bola de fogo e fumaça densa, parecendo estremecer a câmera de vídeo, foi específica no teste de ignição do giro do motor, afirmou Musk na terça-feira.

“Avançando, não vamos fazer um teste de ignição com todos os 33 motores de uma vez”, disse o empresário no Twitter.

O foguete de impulsão permaneceu de pé, soldado em pórtico de testes, depois da explosão.

A falha aconteceu em meio a uma campanha de um dia para testar incêndios estáticos em Boca Chica, no Texas, com o foguete, que é equipado com uma série de 33 motores Raptor, para uso em um teste orbital não tripulado, que a SpaceX esperava lançar ainda este ano.