Funcionário é morto por supervisor após tomar café fora do horário; vídeo

Um funcionário foi assassinado pelo supervisor durante o expediente nesta segunda-feira (6), em São Leopoldo, município da Região Metropolitana de Porto Alegre (RS). Segundo a polícia, os dois discutiram por causa do horário de intervalo para o café.

Câmeras de segurança flagraram o crime, que aconteceu dentro das dependências da Sulcromo, fábrica de revestimentos industriais. Em nota, a empresa “lamentou profundamente” a morte de Marcelo Camillo, de 36 anos, que foi atingido por um golpe no tórax com um estoque, tipo de faca artesanal.

“A empresa está prestando toda assistência à família do funcionário [assassinado], bem como colaborando com as autoridades”, afirmou a direção da empresa.

O assassino de Marcelo não teve o nome divulgado pelos policiais e nem pela direção da Sulcromo, que, por ora, não informou se ele será demitido. Sabe-se apenas que o supervisor que matou o subordinado tem 54 anos de idade e está foragido – fugiu da empresa após o crime.

De acordo com informações iniciais, o supervisor, com duas décadas de carreira na empresa, havia estipulado um horário específico para o intervalo e não gostou de que Marcelo, com três anos de serviço na fábrica, tenha desobedecido a ordem para ir tomar café. O funcionário esfaqueado chegou a ser levado para o Hospital da Unimed de São Leopoldo. Com ferimento no coração, ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

Informações de SBT News