Grupos de apoio a Lula e contas vinculadas ao PT são suspensos do WhatsApp

Grupos que apoiam e impulsionam a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República nas eleições deste ano e contas de usuários vinculados ao Partido dos Trabalhadores (PT) foram suspensos do WhatsApp. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo e confirmada pela CNN.

A equipe de comunicação do ex-presidente criou o portal “Lulaverso” nesta semana. A ação incentiva o impulsionamento de Lula no WhatsApp, Instagram, Telegram, Twitter e TikTok e, com a divulgação, busca trazer apoiadores.

Números de telefones de administradores dos grupos foram temporariamente suspensos nesta semana. Além disso, pelo menos quatro conversas no WhatsApp sobre o “Lulaverso” ficaram inativas, com a última movimentação registrada às 19h da última terça-feira (8).

Em nota enviada à reportagem da CNN, o WhatsApp disse que não comenta casos específicos. No entanto, o aplicativo possui uma série de diretrizes que, caso não sejam cumpridas, podem levar ao banimento ou suspensão de contas. Entre elas, está a automação de mensagens.

A assessoria do PT disse à equipe da CNN que “não há o uso de automação ou qualquer tipo de violação de normas”, e que o desligamento das contas aconteceu devido a uma “reação automática do sistema Whatsapp diante do aumento no tráfego de mensagens”.

Informações de CNN