China usa drones para tentar encontrar sobreviventes de acidente aéreo

As equipes de resgate chinesas informaram, nesta 5ª feira (24), que intensificaram com drones e câmeras térmicas as operações de busca pelos sobreviventes de um acidente aéreo, registrado no início da semana. O Boeing 737-800, pertencente à China Eastern Airlines, caiu em uma região montanhosa no sul do país e, até o momento, nenhum dos 132 passageiros a bordo foi encontrado.

“Nosso principal objetivo é procurar vítimas e salvar vidas. Para isto, nós estamos utilizando câmeras térmicas e detectores de vida para as buscas em superfície (…) complementadas com buscas manuais e aéreas com drones”, declarou Huang Shangwu, comandante dos bombeiros da região. Segundo ele, a forte chuva que atinge o local segue dificultando as operações.

Ontem, a Administração da Aviação Civil da China (CAAC) confirmou que conseguiu recuperar uma das caixas-pretas da aeronave, mas que o material estava bastante danificado. Agora, as equipes seguem na busca pela segunda caixa preta, considerada fundamental para descobrir a causa do acidente. 

Imagens capturadas mostram o momento da queda do avião, que despencou na vertical. O movimento, de acordo com especialistas, é bastante incomum. 

Informações do portal SBT News