Mais de 2,5 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia, diz ONU

Mais de 2,5 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia, disseram agências da ONU na sexta-feira, e outros 2 milhões foram expulsos de suas casas dentro do país desde o início de uma invasão russa em 24 de fevereiro.

A Organização das Nações Unidas tem planejado suas necessidades humanitárias com base no pressuposto de que cerca de 4 milhões de refugiados ucranianos procurariam segurança no exterior

Entretanto, com cerca de 200.000 pessoas fugindo para os países vizinhos nas últimas 24 horas, uma autoridade da ONU para refugiados disse que talvez tenham que rever esse número para cima.

“É bem possível que o número previsto de 4 milhões seja revisto para cima. Isso não seria uma surpresa”, disse Matthew Saltmarsh, porta-voz da agência de refugiados das Nações Unidas (Acnur) perto da fronteira na Polônia, aos jornalistas de Genebra via videolink.

As agências humanitárias estão se esforçando para fornecer instalações de aquecimento para milhares de refugiados que aguardam em temperaturas congelantes nos postos de fronteira, disse ele

Enquanto isso, caminhões estão levando milhares de cobertores térmicos e colchões na outra direção.

Centenas de milhares de pessoas estão presas sob forte bombardeio de cidades e vilas na Ucrânia e estão ficando sem mantimentos, com ambos os lados culpando um ao outro por não observarem os cessar-fogo.