Número de refugiados ucranianos pode chegar a 1,5 milhão neste fim de semana, diz diretor da Acnur

PRAGA (Reuters) – A situação na Ucrânia continua grave e o total de refugiados que fugiram da invasão russa pode subir para 1,5 milhão até o encerramento do fim de semana, do atual número de 1,3 milhão, disse o diretor da Agência da ONU para Refugiados (Acnur) neste sábado.

“Esta é a crise de refugiados que mais cresce na Europa desde o fim da Segunda Guerra Mundial”, disse o alto comissário das Nações Unidas para refugiados, Filippo Grandi, à Reuters em entrevista por telefone.

Grandi também disse que a maioria dos refugiados no momento está entrando em contato com amigos, familiares e outros conhecidos que já vivem na Europa, mas alertou que as ondas futuras serão mais complexas.