Prefeito de Lviv, na Ucrânia, pede ajuda com grande volume de refugiados

LVIV, Ucrânia (Reuters) – O prefeito de Lviv disse nesta segunda-feira que a cidade do oeste da Ucrânia atingiu os limites de sua capacidade de ajudar pessoas deslocadas pelo ataque da Rússia à Ucrânia e apelou a organizações internacionais por ajuda.

O prefeito Andriy Sadoviy disse que centenas de milhares de pessoas já passaram por Lviv enquanto se dirigiam para o oeste em busca de segurança. Cerca de 200.000 refugiados internos estavam agora em Lviv, e 50.000 passavam diariamente pela estação ferroviária de Lviv.

“Entendemos que haverá outra onda (de refugiados)… e pedimos às organizações humanitárias internacionais que venham aqui e ajudem”, disse ele.