Rússia multa Google por não excluir conteúdo proibido pelo governo

Por Alexander Marrow

MOSCOU (Reuters) – Um tribunal de Moscou multou o Google em 3 milhões de rublos, cerca de 400 mil dólares, nesta segunda-feira, por não excluir conteúdo considerado ilegal pelo governo.

Em outubro, a Rússia ameaçou aplicar uma multa contra o Google baseada em uma porcentagem do faturamento da empresa no país por não excluir conteúdo que considera ilegal de seu mecanismo de busca e do YouTube. A ação foi considerada como o movimento mais forte de Moscou para controlar empresas estrangeiras de tecnologia.

O Google, que no mês passado disse ter pago mais de 32 milhões de rublos em multas, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Rússia aplicou várias pequenas multas contra empresas de tecnologia dos Estados Unidos este ano. A agência russa de telecomunicações, Roskomnadzor, diminuiu a velocidade do Twitter desde março e disse à Reuters que não suspenderá as restrições até que todo o conteúdo ilegal seja removido.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAS0YQ-VIEWIMAGE