Venezuela torna dose de reforço contra a Covid obrigatória a cada 4 meses

O governo da Venezuela anunciou, na manhã desta 4ª feira (16), a obrigatoriedade da dose de reforço contra covid-19 a cada quatro meses. A medida, que já está em vigor, tem como objetivo aumentar a taxa de imunização da população e conter o cenário epidemiológico no país.

“A partir de agora e até novo aviso, até que se descubram medicamentos que curem o coronavírus como mais uma gripe ou até que chegue o momento que se produza uma vacina que dê ao corpo imunidade total por muito tempo, vamos ter de aplicar vacinação de reforço de quatro em quatro meses”, disse o presidente Nicolás Maduro.

Segundo ele, a norma vale para todos os grupos elegíveis e deve prevenir a crise econômica no país devido a um novo surto da doença. “Não podemos baixar a nossa guarda. Um dos elementos-chave desta etapa em que entramos no controle elevado do coronavírus é a vacinação”, afirmou Maduro.

A taxa epidemiológica no país vêm caindo nos últimos meses e registra, até o momento, média móvel de casos de 213 para sete dias. Nas últimas 24 horas, por exemplo, 50 novos diagnósticos da doença foram contabilizados, enquanto o número de óbitos ficou em 1.

Informações SBT News