Itália vai reconstruir teatro bombardeado na Ucrânia

O ministro da Cultura da Itália anunciou, na tarde de quinta-feira (18), que o país vai financiar a reconstrução do teatro bombardeado na cidade sitiada de Mariupol, no sul da Ucrânia. O local servia como abrigo para centenas de pessoas.

O atentado ocorreu na última quarta-feira (17). Segundo o governo da Ucrânia, havia um letreiro informando que havia crianças no local. A Rússia nega e diz não ter atacado o teatro. Não há informações de mortos. A comissária de direitos humanos do Parlamento ucraniano, Ludmyla Denisova, informou que, ao menos, 130 pessoas sobreviveram.

Em seu twitter, Dario Franceschini fez o anúncio do financiamento, que foi aceito pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. “Obrigado, Dario. Você deu um bom exemplo a seguir. Juntos vamos recontruir o país até o último tijolo.”

Informações de SBT News