Jornalista é feito refém dentro de casa em Curitiba; negociação é transmitida ao vivo

O jornalista Henry Xavier e sua família foram feitos reféns na noite deste domingo (5) no condomínio Conjunto Buriti, no bairro Campo Comprido, em Curitiba. O criminoso, armado, exigiu que a vítima informasse a imprensa do sequestro, e Henry se prontificou a fazer uma transmissão ao vivo nas redes sociais.

A invasão no apartamento ocorreu durante uma fuga do bandido, que não queria ser pego pela polícia. O homem rendeu os cinco moradores.

“Estamos muito preocupados com a situação. Estamos transmitindo ao vivo por causa de um pedido do Vinícius para que ele saia em segurança”, disse a vítima.

A negociação começou assim que viaturas da Polícia Militar do Paraná (PMPR) chegaram ao local. Equipes médicas do Siate também foram acionadas. 

Durante a live, que atingiu a marca de 2,5 mil espectadores, o criminoso comentou: “O combinado para eu me entregar é com a maca”.  O suspeito estava com as pernas feridas e teria atirado no rosto de um policial militar, segundo informações preliminares. 

O homem falou na transmissão ao vivo que ‘queria se entregar sem morrer’, enquanto trocava mensagens com a própria mãe. Os policiais realizaram a negociação com o suspeito, que colocou a arma na mesa e se entregou. 

Momento em que o suspeito se entrega à polícia. Reprodução/Instagram

A situação durou cerca de uma hora. O jornalista e a família não se feriram.