Liberação do 5G pode ocorrer antes de agosto, diz Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) afirmou que a liberação do 5G em algumas capitais pode acontecer antes de agosto deste ano. Especialistas do setor foram ouvidos pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados, na tarde de quinta-feira(9).

Pelo cronograma inicial do leilão do 5G, as faixas nas capitais de estado e no Distrito Federal seriam liberadas até julho deste ano para que as operadoras ativassem o sinal, mas a data foi adiantada pela agência. O serviço é fundamental para a instalação do padrão de tecnologia, uma vez que os locais são ocupados por sistema de satélites.

“Vamos garantir a limpeza da faixa até o dia 29 de agosto para todas as capitais”, disse o superintendente de Outorga e Recursos à Prestação da Anatel, Vinícius Guimarães. Segundo ele, pode haver alguns impasses em Manaus e Belém devido ao atraso na entrega de filtros, mas é possível que grande parte das capitais estejam habilitadas em julho. 

Durante a reunião, no entanto, os participantes enfatizaram a importância de aprimorar a atual infraestrutura para viabilizar o 5G, que requer a instalação de novos equipamentos nas redes preexistentes. A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que solicitou a reunião,  informou que vai apresentar projeto de lei sobre o uso compartilhado de postes entre operadoras de telecomunicações e distribuidoras de energia.

“Achamos que é preciso uma regulamentação do uso compartilhado dessa infraestrutura, onde tenha regras legais, mas que também leve em consideração o interesse público e preços justos, para que ninguém saia perdendo nesse processo”, defendeu ela.

Informações de SBT News