Mais de 1 bilhão de pessoas com deficiência não têm tecnologias de apoio

Cerca de 1 bilhão de pessoas com algum tipo de deficiência não têm acesso a tecnologias de apoio como cadeiras de rodas, aparelhos auditivos e aplicativos de auxílio para a comunicação. Os dados são do novo Relatório Global sobre Tecnologia Assistiva da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado nesta segunda-feira (16). Países de baixa e média rendas somam a maioria dos excluídos, com casos que produtos de apoio chegam somente a 3% das pessoas que necessitam, sendo que em países ricos, chegam a 90%. 

Segundo diretora-executiva da Unicef, Catherine Russell, há 240 milhões de crianças com algum tipo de deficiência sem produtos assistivos. Sem a tecnologia, as crianças podem sofrer discriminação e acabar sofrendo com trabalho infantil, com dificuldades nos níveis individual, familiar e comunitário. 

Até 2050, 3.5 bilhões de pessoas vão precisar de produtos de apoio, segundo o relatório. Os motivos são o envelhecimento da população e a prevalência de doenças não transmissíveis em todo o mundo. 

Informações de SBT News