Ministério da Saúde recomenda quarta dose para idosos com mais de 80 anos

O Ministério da Saúde recomendou nesta quarta-feira (23) a aplicação da segunda dose de reforço contra a covid-19 em idosos com mais de 80 anos. Na maior parte dos casos, seria uma quarta dose contra a doença.

Segundo a pasta, a aplicação deve ser feita quatro meses após a primeira dose de reforço. 

Preferencialmente, o imunizante utilizado deve ser o da Pfizer, mas Janssen e AstraZeneca também podem ser utilizadas, independentemente da fabricante utilizada na vacina anterior.

O ministério afirma que o Brasil tem vacinas da Pfizer suficientes para aplicação no grupo.

Alguns estados já estavam aplicando a quarta dose em idosos com mais de 80 anos. Em São Paulo, por exemplo, a nova etapa da vacinação começou na segunda-feira (21).

Atualmente, 74.401.513 de brasileiros receberam a dose de reforço contra a covid-19, o que representa 34,88% da população total.

Informações de SBT News