Número de jovens aptos a votar cresce 51% em quatro anos

O número de eleitores brasileiros cresceu cerca de 6,2% em 2022. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a cifra é puxada, sobretudo, pelos jovens entre 16 e 17 anos, que registram um aumento de 51% do último pleito para o atual. 

Em comparação a 2018, quando os jovens da faixa etária somavam 1,4 milhão de votantes (0,95% do total), hoje há mais de 2,1 milhões, representando mais de 1,3% do total do eleitorado nacional. Com isso, o número de menores prontos para votar nas urnas quase dobrou nos últimos anos.

O TSE classifica o aumento devido às campanhas de incentivo, que, em 2022, foram divulgadas por artistas, atletas, celebridades e influenciadores digitais. Um dos pontos altos da mobilização foi o tuitaço do dia 16 de março, que contou com 6,8 mil publicações com o tema, que chegaram às telas de mais de 88 milhões de pessoas. 

A mesma evolução foi registrada entre os eleitores com mais de 70 anos de idade, cujo voto não é mais obrigatório. Em 2018, o grupo somava pouco mais de 12 milhões de pessoas, cifra que saltou para mais de 14,8 milhões em 2022, o que equivale a um crescimento de quase 24%.

Informações de SBT News