OMS diz que Covid-19 continua sendo uma emergência de saúde global

A Organização Mundial da Saúde disse nesta terça-feira que a Covid-19 continua sendo uma emergência global, após quase dois anos e meio que foi assim declarada pela primeira vez.

O comitê de emergência, composto por especialistas independentes, disse em um comunicado que a alta de casos, a contínua evolução viral e a pressão em serviços de saúde em vários países mostram que a situação ainda é de emergência.

Casos reportados para a OMS subiram 30% na última quinzena, diz o comunicado, apesar de o comitê admitir que a crescente imunidade populacional, em sua maioria por vacinas, têm visto uma “dissociação” do números de casos em relação às hospitalizações e mortes.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, aceitou o conselho do comitê.

A agência de saúde da ONU inicialmente colocou a Covid-19 no mais alto nível de alerta, conhecido como Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional, em 30 de janeiro de 2020. Tal determinação pode ajudar na aceleração de pesquisas, financiamentos e medidas internacionais de saúde pública para conter a doença.