OMS lança iniciativa para evitar novos surtos de dengue e febre amarela

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou, nesta segunda-feira (4), um novo plano para conter surtos globais de dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Segundo a entidade, a rápida proliferação do mosquito Aedes Aegypt vem sendo influenciada principalmente pela mudança climática e aumento da urbanização.

Mike Ryan, especialista da OMS, informou que o projeto contará com treinamento de equipes, equipamentos adequados e engajamento de comunidades. Para ele, tais ações “permitirão às autoridades de saúde de várias partes do mundo a combater ameaças amplas, porém relacionadas”.

Todos os anos, a dengue infecta cerca de 390 milhões de pessoas nos 130 países onde é endêmica, podendo causar febre hemorrágica e até morte. A febre amarela, por sua vez, causa alto risco de surtos em 40 países, causando icterícia, febre hemorrágica severa e até morte. Já os vírus da Zika e Chikungunya são menos conhecidos, mas estão presentes em 115 e 89 países, respectivamente.

Informações de SBT News