Operação apreende mercadorias com notas fiscais falsas no Centro-Sul do Paraná

A 5ª Delegacia Regional da Receita Estadual, de Guarapuava, realizou operações de fiscalização de mercadorias em trânsito com notas fiscais irregulares e o uso de nota com informações falsas. As ações ocorreram nos municípios de Guarapuava, União da Vitória, Cruz Machado, General Carneiro, Bituruna e Espigão Alto do Iguaçu, Laranjeiras do Sul e Candói, na semana passada.

Foram lavrados 48 autos de infração e apreendidos mercadorias e bens na ordem de R$ 1,7 milhão. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (16).

Uma das cargas com situação fiscal irregular identificada foi a de 19,5 toneladas de milho. A equipe da Receita Estadual analisou os dados do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica, utilizado para acompanhar o trânsito da mercadoria, e identificou que a nota emitida em São Paulo com destino a Santa Catarina continha dados falsos.

Na abordagem, o motorista confessou que o milho foi retirado em Campo Mourão (PR) e o documento emitido e enviado por e-mail estava irregular, o que configura processo administrativo e penal. Ele foi autuado e assinou o Termo Circunstanciado. A carga foi liberada e o dono veículo será notificado.

A ação contou com apoio da Polícia Militar do Paraná e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Informações da AEN