Operação busca envolvidos na chacina do Portão; dos quatro mortos, duas eram crianças

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17) em uma operação contra uma organização criminosa ligada a homicídios ocorridos no bairro Portão, em Curitiba, no dia 7 de fevereiro deste ano.

Os policiais civis têm como missão cumprir 18 ordens judiciais, sendo 11 de busca e apreensão e 7 de prisão temporária.  

A ação acontece simultaneamente em Araucária, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande e na Casa de Custódia de São José dos Pinhais. 

Dentre as vítimas fatais da ação criminosa estão quatro pessoas, sendo duas crianças. Outras três vítimas ficaram feridas.

Na ocasião dos fatos, sete pessoas estavam em um carro que foi alvo de disparos de arma de fogo. Os suspeitos se aproximaram com um veículo e atiraram contra as vítimas, em sequência fugiram do local. 

A PCPR apurou que uma das vítimas, na ocasião dos fatos, marcou um encontro com a mulher de um preso. A motivação do crime está ligada ao tráfico de drogas. 

O veículo utilizado pelos criminosos foi encontrado em chamas minutos após o crime no bairro Campo Comprido, em Curitiba.

Informações da PCPR