Paraná abre mais de 70 mil empresas no primeiro trimestre

O Paraná ganhou 71.466 novas empresas neste primeiro semestre. Só em março foram 24.397 empreendimentos, maior volume do ano, seguido de fevereiro, com 23.730, e janeiro, com 23.339. O saldo (diferença entre aberturas e baixas) ficou em 42.190. Os dados são da Junta Comercial do Paraná (Jucepar).

O número de aberturas é muito similar a 2021, quando foram criados 73.077 empreendimentos. O Paraná tem atualmente 1,49 milhão de empresas ativas.

Do total aberto nos primeiros três meses de 2022, a maioria corresponde a MEIs, com 76,15%. Outros 20,37% são LTDA e 3% têm como Natureza Jurídica Empresário. Os outros segmentos são sendo Eireli (0,12%), S/A fechada (0,18%), S/A aberta (0,04%), Cooperativa (0,10%), Consórcio (0,03%) e outros (0,01%).

O Paraná também se destaca pela velocidade. Em março, o Paraná foi o quarto estado mais ágil na abertura de empresas do País, com saldo de menos de um dia (21 horas) para a análise de 5.234 processos. O Estado ficou atrás de Sergipe, Espírito Santo e Goiás. O tempo está bem abaixo da média nacional, de 2 dias e 1 hora.

O tempo total de abertura de empresas e demais pessoas jurídicas leva em consideração o tempo na etapa de viabilidade, na validação cadastral que os órgãos efetuam e na efetivação do registro e obtenção do CNPJ. Não são considerados os tempos de inscrições municipais ou estaduais e nem a obtenção de licenças para funcionamento do negócio.

Do total de empresas abertas no Estado, 95% concluíram o processo em até 3 dias, 3% em até 5 dias, 1% em até 7 dias e 1% registrou tempo de demora de mais de 7 dias. Os dados podem ser encontrados no relatório da Jucepar e na RedeSim, do governo federal.

No mesmo período de 2021, o tempo de abertura de empresas no Paraná estava em 1 dia e 1 hora, para a análise de 5.925 processos. No período, 94% das empresas conseguiam ser abertas em menos de 3 dias.

Informações da AEN