PM acusado de matar o lutador Leandro Lo se entrega à polícia

O policial militar Henrique Otavio Oliveira Velozo, acusado de matar o lutador de jiu-jitsu Leandro Lo, se entregou na noite deste domingo (7), na Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o PM será encaminhado para uma delegacia, onde prestará depoimento e, em seguida, será encaminhado ao Presídio Romão Gomes. A Justiça determinou sua prisão temporária.

O crime aconteceu após um desentendimento entre o Henrique e Leandro Lo durante um show Clube Sírio, no bairro de Indianópolis, na zona sul de São Paulo.

O PM estaria importunando o lutador e seus amigos durante o evento, e acabou imobilizado por Leandro. Ao se afastar, foi baleado a cabeça por Henrique.

Leandro Lo chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Informações de SBT News