Polícia interrompe velório e leva corpo de homem para o IML em Ivaiporã

A polícia interrompeu o velório de Crisio Espírito Santo, de 69 anos, e levou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) na cidade de Ivaiporã, no Paraná. O motivo é que o Ministério Público recebeu uma denúncia de que o homem teria sido envenenado e não morrido de causas naturais.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde exames foram realizados. A Polícia Civil de Ivaiporã foi acionada pelo MP e foi até o velório em que o corpo estava, no Clube dos Escoteiros.

A denúncia sobre o suposto envenenamento do idoso chegou ao MP quando o corpo já estava sendo velado e, se fosse sepultado, a investigação sobre o caso seria dificultada, por isso a polícia teve que agir com rapidez.

Alguns familiares que estavam no local ficaram indignados com a ação da dos agentes. A suspeita é de que um dos familiares seria o responsável pelo o envenenamento do idoso. 

Informações de SBT News