Polícia investiga idoso suspeito de tomar 90 dose de vacina

A polícia investiga o caso de um homem, de 60 anos, que teria tomado até 90 doses da vacina contra a covid-19 para vender comprovantes de vacinação falsos contendo números reais de lotes da substância a pessoas que não querem receber o imunizante. O caso aconteceu na Alemanha.

De acordo com a agência de notícias alemã DPA, o suspeito é morador de Magdeburgo, no leste do território alemão, e não foi detido, mas é investigado por emissão não autorizada de comprovantes de vacinação e falsificação de documentos. O veículo acrescenta que ele teria tomado as vacinas ao longo de meses, em centros de vacinação no estado da Saxônia, até que a polícia o abordasse em um dos centros na região de Eilenburg.

As doses recebidas eram de diferentes fabricantes. Até o momento, não se sabe as consequências de tomar cerca de 90 na saúde do idoso. Na Alemanha, está em vigor o passaporte da vacinação da covid, que facilita o acesso a locais como restaurantes, teatros, espaços de trabalho, entre outros.

Informações de SBT News