Polícia prende mulher que vendia medicamentos abortivos

Uma mulher, de 26 anos, foi presa em flagrante por vender medicamentos abortivos em Apucarana, reião norte do Paraná.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) apreendeu seis comprimidos e uma cartela vazia durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão no endereço da suspeita. 

O produto, de uso restrito, era negociado em suas redes sociais. Os clientes iam atrás da mulher através das plataformas on-line e, em seguida, a suspeita fechava as vendas por aplicativo de mensagem para fazer o envio pelo Correios. 

A suspeita foi presa em flagrante nesta segunda-feira (30) e não tem passagens pela polícia. De acordo com a PCPR, a pena prevista pelo crime é de 10 a 15 anos de prisão.

Outro mandado de busca e apreensão foi cumprido em Arapongas na terça-feira (31). Um homem está sendo investigado pelo mesmo crime, mas nenhum produto foi localizado na residência do suspeito.