Acusado de propor sexo a três com criança para garotas de programa é preso

A Polícia Civil de Araucária prendeu Eduardo Carvalho Schuley Guedes, de 25 anos, por divulgar vídeos pornográficos de crianças de 9, 10 e 11 anos neste sábado (20).

O acusado procurava garotas de programa na internet e perguntava, através de mensagens, se elas aceitavam fazer sexo a três com ele e com crianças.

Uma das garotas procurou a Guarda Municipal, que prendeu Eduardo em flagrante enviando os vídeos em um motel, no último domingo (12). O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) libertou o acusado, mas a Delegacia de Araucária continuou as investigações após outras três garotas de programa denunciarem o pedófilo e mostrarem conversas onde ele enviava vídeos pornográficos de crianças entre 9 e 11 anos.

O Delegado Tiago Wladyka e os investigadores do caso conseguiram o mandado de prisão e de busca e apreensão e neste sábado, Eduardo foi preso. Celulares e notebooks também foram apreendidos para identificar as crianças e verificar se o acusado cometeu mais crimes envolvendo crianças e adolescentes.

“Nós, da DP Araucária, não vemos pedofilia como modo de vida. Vemos essa conduta execrável como crime. O pedófilo é criminoso e será investigado e preso como um criminoso de alta periculosidade, caçaremos esses canalhas que assolam a ingenuidade de nossas crianças”, destaca o delegado.

O acusado foi encaminhado para a cadeia pública de Araucária. A Polícia Civil vai ouvir outras testemunhas da pedofilia de Eduardo.