Adultos e crianças ficam feridos após disparos de guardas civis

Uma abordagem a um motoqueiro na Vila Sabará, na Cidade Industrial de Curitiba, terminou em ataque de guardas civis com moradores. O condutor da moto estava com a documentação irregular e a população começou a se aproximar. Tiros de balas de borracha foram disparados, ferindo adultos e crianças. 

Vídeos registrados por moradores mostram o momento quando os guardas disparam. Em um dos registros, quando a população se aproxima, é possível ouvir o barulho dos tiros. Segundo o motociclista abordado, que trabalha próximo do local, os guardas “começaram a chamar reforço” e que os tiros acertaram várias crianças e amigos, baleados nas pernas. Ele admitiu o atraso na documentação. 

O rapaz quebrou a própria moto e os agentes chamaram outras equipes. Os moradores denunciaram a truculência da ação, pois mulheres, idosos e crianças foram agredidas. Pelo menos dois meninos ficaram feridos e um jovem levou sete pontos na boca após ser baleado com um tiro de borracha. 

O tio de uma das crianças feridas afirmou que os guardas não prestaram socorro ao menor e que nem as polícias civil ou militar quiseram registrar boletim de ocorrência. A Corregedoria da corporação afirmou que vai apurar o caso e adotar as medidas necessárias. 

Nota da Guarda Municipal

A Corregedoria da Guarda Municipal de Curitiba vai apurar os fatos ocorridos na tarde da segunda-feira (27), na Rua Jair Silveira, no bairro CIC, quando um grupo de pessoas tentou atrapalhar a abordagem feita por guardas municipais a indivíduos com atitude suspeitas.
A corporação esclarece que adotará providências previstas em regimento interno da corporação e demais legislações inerentes à matéria.

Informações de SBT News