Após denúncia de aglomeração, polícia militar acaba com a festa de dois casamentos

A denúncia é de aglomerações em pleno decreto com restrições sanitárias, algumas pessoas que não foram convidadas protestaram

Nas redes sociais, várias manifestações de repudio a realização de dois casamentos no último domingo (28). Várias pessoas aguardaram a chegada da fiscalização e de longe acompanharam tudo, havia pelo menos 50 veículos de convidados. Pessoas chegaram a mencionar que até o prefeito da cidade estaria presente. O prefeito Chico Brasileiro se manifestou por meio das redes sociais afirmando que estava em casa.

Depois de alguns minutos as equipes da prefeitura, GM, PM e demais órgãos de fiscalização saíram. Empresários questionaram se o casamento tinha autorização para acontecer.

O evento foi fechado, mas ninguém foi notificado. Da Mata Verde, a PM seguiu para uma segunda casa de eventos onde havia mais um casamento. De acordo com a polícia, no local tinha mais de 30 carros. A festa teve de acabar e o lugar foi fechado. Os locais foram fiscalizados por conta de denúncias de aglomeração, mesmo sendo decretado pelo governo do estado o lockdown vai até o dia 8 deste mês. Os eventos aconteceram com autorização da secretaria de turismo, o que deixou muita gente revoltada.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu desta segunda-feira (01):