Após revogar medida protetiva, mulher é baleada por ex-marido que foi achado morto

Uma mulher, de 35 anos, foi vítima de uma tentativa de feminicídio, na noite desta quinta-feira (3), no Jardim Nova Aliança, na cidade de Sarandi, região metropolitana de Maringá. A vítima, segundo a Polícia Civil, havia revogado a medida protetiva contra o ex-marido no dia 11 de maio e acabou atingira por tiros efetuados pelo ex-marido.

Jakeane Flores de Almeida registrou queixa contra o ex-companheiro, que é suspeito de ter praticado ameaças contra a mulher por não se conformar com o fim do relacionamento. Além disso, o homem chegou a ser preso em duas ocasiões, mas deixou a cadeia e respondia em liberdade.

Após pedir ajuda aos vizinhos, a mulher foi socorrida ao Hospital Metropolitano com graves ferimentos nos braços e também no rosto. No entanto, os médicos confirmaram que ela não corre risco de morte. Já o empresário, Dorileu Santos de Alemida, de 43 anos, teria atirado contra a própria cabeça após o crime. Ele foi encontrado sem vida ao lado de uma arma que, segundo a polícia, é registrada.

O corpo de Dorileu foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá. A Polícia Civil investiga para saber se ele tirou a própria vida ou se outra pessoa cometeu o crime.