Araras em cativeiro são encontradas em Nova Esperança

Na última segunda-feira (1), um homem foi preso pela Polícia Militar Ambiental (PMA) em Nova Esperança, por manter aves nativas em cativeiro sem ter autorização dos órgãos ambientais.

De acordo com o boletim da PMA, as equipes foram até o local onde acontecia a criação das aves. No endereço, os policiais encontraram cinco araras, sendo que duas não tinham registro ou autorização para posse. Outras duas aves (um Cardeal e um Galo da Campina) também foram localizadas;

O criador das araras foi encaminhado para a delegacia e terá que pagar uma multa de quase R$ 6.000.

Veja mais detalhes do caso na reportagem completa do Maringá Urgente desta quinta-feira (4):