Bebê que teve corpo queimado enquanto brincava segue internada

Ela aguarda transferência para Londrina

A menina de um ano e cinco meses, que sofreu queimaduras pelo corpo enquanto brincava com o irmão, segue internada no Hospital da Providência em Apucarana e aguarda uma transferência para Londrina.

A mãe da menina, Priscila Pereira de Oliveira, de 32 anos, contou que o filho ateou fogo na irmã na manhã desta quinta-feira (11). A mulher disse que estava no banheiro com a outra filha, de oito anos, que caiu de uma árvore na quarta-feira (10) e precisava de cuidados. No momento que dava banho na criança, ela ouviu gritos da bebê. Priscila relatou que, quando chegou no quintal, onde a garotinha brincava com o irmão, viu o vestido dela pegando fogo. Ela logo tirou a roupa da menina e chamou o socorro.

A mãe comentou que o filho foi até a cozinha, pegou um isqueiro, jogou álcool gel na irmã e ateou fogo no vestido da menina. Priscila comentou que no momento a bebê está bem, e o filho está muito assustado.

Veja mais detalhes do caso na reportagem do Maringá Urgente desta sexta-feira (12):