Briga de trânsito acaba com policial baleado em Curitiba

Um acidente de trânsito terminou em tiroteio e com um policial militar gravemente ferido no bairro Guatupe, em Curitiba. A vítima foi baleada no pescoço e está internada com risco à vida num hospital da capital paranaense. O autor da tentativa de homicídio foi preso pouco tempo depois pelas equipes do BOPE.

A confusão começou na BR-277, região do bairro Guatupê, no início da noite de sábado (8). O motorista de uma Fiat Strada branca bateu no Ford Fiesta de uma cadete da Polícia Militar e fugiu sem dar satisfação. No Fiesta, além da PM, estavam o marido dela, o soldado da polícia militar David Bruno Alberti Moura, o irmão da cadete e a namorada dele.

Imediatamente, os policiais à paisana iniciaram uma perseguição ao veículo. Já no viaduto do Contorno Leste, conseguiram abordar o carro. O motorista da Strada, Reinaldo de Oliveira Souza, desceu do automóvel e efetuou mais de dez disparos de pistola na direção do quarteto. A cadete saiu ilesa, mas o soldado Alberti foi atingido por um tiro no pescoço e encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital Cajuru. O irmão da cadete foi baleado no dorso e a namorada dele na mão. Os dois foram levados ao Hospital São José.

O atirador deixou uma mochila no local e, de acordo com a polícia, ele é CAC, ou seja, atirador esportivo. Cerca de uma hora depois, Reinaldo chegou em casa, no bairro Campo do Santana, e foi preso por uma equipe do Bope e foi encaminhado à Central de Flagrantes. O suspeito já tem passagem pela polícia por uma tentativa de homicídio contra uma ex-companheira.

Colaboração de Lucian Pichetti, da Rede Massa.