Ciclista é morto após discussão no trânsito

Homicídio aconteceu em São José dos Pinhais e os suspeitos não prestaram socorro à vítima

A polícia ainda procura pelo motorista e passageiro de um Celta prata que teria provocado a morte de um ciclista, de 21 anos em São José dos Pinhais. Um motorista incomodado com um trabalhador que voltava de bicicleta para a casa, simplesmente jogou o carro para cima do jovem que acabou perdendo a vida. Familiares ainda lamentam a morte do rapaz.

Asael Jackson dos Santos, que tinha toda uma vida pela frente, morreu após ser perseguido por um motorista que jogou o carro sobre a bicicleta do músico. O caso foi registrado na avenida Rui Barbosa, em São José dos Pinhais. Asael estava na região do bairro Afonso Pena quando foi surpreendido pelo homem que provocou sua morte.

Asael ainda chegou a ser socorrido. Duas enfermeiras que presenciaram o caso prestaram os primeiros socorros. Uma ambulância do SAMU também prestou atendimento, mas o trabalhador não resistiu aos ferimentos.

Imagens de um circuito de segurança mostram o Celta prata logo após o ocorrido. O homem até desce do carro, conversa com as testemunhas e segue até o local do acidente. Mas não demora muito ele disfarça e corre para o carro. Sem se preocupar ele e o carona fogem e deixam Asael agonizando na calçada. Familiares esperam que os suspeitos sejam presos o mais rápido possível mesmo sabendo que Asael não vai mais voltar.

Mais detalhes na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta quinta-feira (14):

Novidades no caso: câmera de segurança flagra momento exato do acidente

Depois da análise das imagens, chegou à conclusão que o motorista do carro prata foi acusado de jogar o veículo para cima da vítima e fugir na sequência deixando o ciclista sem vida na avenida Rui Barbosa, em São José dos Pinhais.

O acusado levava um passageiro que também foi embora do local. Eles se apresentaram à polícia e responderam diversos questionamentos sobre a possibilidade de o atropelamento ter sido proposital.

Asael Jackson dos Santos, vítima fatal do acidente

De acordo com os suspeitos, eles não jogaram o carro para cima do ciclista. O depoimento não convenceu, tendo em vista as acusações e a imagem. Os dois serão indiciados por homicídio. O motorista reafirma que o caso foi apenas um acidente.

O passageiro disse que uma discussão aconteceu entre os envolvidos antes do acidente. Ambos pediram desculpas à família de Asael. E disseram estarem à disposição da justiça para qualquer esclarecimento. Com a apresentação da dupla, o inquérito será finalizado em breve.

Veja mais detalhes e o que dizem os envolvidos na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta quarta-feira (20):