DENARC apreende mais de 120 mil reais em maconha líquida

Dois suspeitos foram presos após denúncia anônima feita à Divisão Estadual de Narcóticos

Dois homens foram presos com 550 cigarros eletrônicos de maconha líquida no bairro Tatuquara, em Curitiba.

“Isso é uma essência de cigarro eletrônico, o Vaper, com o THC, principio ativo da maconha em forma líquida e comercializado como caneta. Agora eles encontraram um jeito de potencializar o uso da maconha: de forma líquida; e sem suspeitas, já que o cigarro eletrônico é permitido” disse o delegado do DENARC, Tiago Dantas.

Ainda segundo o delegado, o custo de cada caneta é de aproximadamente 250 reais, desta forma, com esta apreensão, os traficantes tiveram um prejuízo de aproximadamente 120 mil reais. Este produto também estava sendo comercializado para o Rio de Janeiro e São Paulo.

A investigação começou no ano passado, mas só com esta operação localizaram armazenamento da droga e prenderam dois suspeitos. Além dos cigarros, foram apreendidos um carro e uma quantia (não informada) de dinheiro.  

Para mais informações sobre este caso, veja a reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba: