Dupla é morta a tiros e facadas nos Campos Gerais; casa do suspeito foi incendiada

A Polícia Civil de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, está investigando um duplo homicídio ocorrido na noite deste domingo (20), onde um jovem de 20 anos e um adolescente de 15 foram assassinados com tiros e facadas. Os amigos, segundo a polícia, contavam com passagens por tráfico.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o garoto, Victor Schwab levou três facadas na barriga e na cabeça. A outra vítima, Hélio Marcos da Cruz, acabou atingida por dois tiros nas costas e também no peito. Eles estavam no interior de residência, na Rua Luiz Noga Maciel, no bairro Costa Rica.

Equipes de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e também do Serviço de Atendimento ao Trauma em Emergencia (Siate) do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas para socorrer os jovens, mas eles já estavam em óbito. Conforme a polícia, ambos tinham envolvimento com as drogas.

“A equipe de investigação esteve no local e levantou informações relevantes sobre crime. Destaca-se que, o jovem de 20 anos, estava com tornozeleira eletrônica e respondia por tráfico. O adolescente recentemente também foi abordado numa circunstância supostamente de ato infracional relacionada às drogas” disse o delegado, Fernando Jasinski.

Durante o atendimento, a Polícia Militar precisou conter os familiares das vítimas que estavam revoltados e tentaram atrapalhar os trabalhos das equipes.

A informação revelada no local por testemunhas é de que o suspeito estava em um Fiat Palio de cor verde ou azul. Elas devem prestar depoimento à polícia nas próximas horas.

Vitor Schwab (esquerda) e Hélio Cruz (direita). Foto: Reprodução

Casa incendiada

Próximo ao local do homicídio, uma residência foi completamente incendiada durante um ato criminoso. De acordo com o Corpo de Bombeiros, existe a suspeita de que o imóvel seja de um dos autores do duplo assassinato.

Até o momento, os proprietários não foram localizados.