Dupla é presa após furtar grades de proteção do Jardim Botânico de Curitiba

O patrulhamento preventivo da Guarda Municipal resultou em 11 prisões em flagrante neste fim de semana. Entre as ações, destaca-se a recuperação de grades furtadas do Jardim Botânico e a prisão de dois envolvidos no crime, além de quatro ocorrências de repressão ao tráfico de drogas e dois foragidos da Justiça recapturados – um deles, em nova operação deflagrada na linha de ônibus Alferes Poli.

O flagrante no Jardim Botânico ocorreu no fim da noite do domingo (13), quando uma equipe do Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO) encontrou dois indivíduos saindo do local com uma grade e duas barras de ferro de quatro metros de altura cada. Os dois homens, de 28 e de 29 anos, foram levados à Central de Flagrantes da Polícia Civil para responder pelo crime.

Enquanto a ocorrência do Botânico era atendida, no bairro Novo Mundo guardas do núcleo regional coibiam uma situação de tráfico de drogas na Rua Albo Brunetti, após recebimento de denúncia anônima.

No local, um suspeito tentou fugir, mas foi contido. Próximo a ele, a equipe encontrou 30 pequenas embalagens de maconha, 14 cápsulas com crack e 17 de cocaína, todas prontas para a venda. Um caderno de contabilidade e R$ 275 também estavam com o indivíduo, de 45 anos. Ele foi preso e conduzido até a Central de Flagrantes.

Foragidos e recapturados

Em nova abordagem à linha de ônibus Alferes Poli, no fim da tarde de sexta-feira (11), a Patrulha do Transporte Coletivo do núcleo Matriz da GM conferiu que nenhuma das 16 pessoas que estavam dentro do veículo tinham pagado a passagem.

Entre elas estava um homem de 33 anos com mandado de prisão em aberto pelo crime de tráfico de drogas, que foi levado à Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC). No chão do ônibus os guardas ainda encontraram quatro pequenas embalagens com cocaína, quatro comprimidos de ecstasy, quatro embalagens com crack e outras cinco com maconha. Os demais passageiros foram orientados e liberados para seguirem o restante do caminho a pé.

Já no início da manhã desta segunda-feira (14/6), outro indivíduo com mandado de prisão foi abordado na Avenida Vicente Machado por guardas do GPEO. Com 36 anos, ele responderá pelo crime de roubo e também foi levado à DVC.

Desde que o GPEO foi criado, no segundo semestre de 2018, 392 indivíduos com mandado de prisão em aberto foram presos. Com cerca de 100 profissionais, o GPEO é um grupo específico para atuar em repressão a crimes na região central da cidade.

Com informações da Prefeitura de Curitiba