Em briga por causa de celular, homem é morto a facadas

A Polícia Militar foi acionada por volta das 4 horas da manhã deste domingo, para atender uma situação de esfaqueamento no Mister Thomas, zona norte da Cidade. Ao chegarem ao local encontraram Giovani Vieira dos Santos de 35 anos já sem vida. 

“O perito acabou aprendendo duas armas brancas, duas facas de cozinha, esse seria o instrumento então que teria tirado a vida da vítima de 35 anos.” Afirmou o Tenente Castro, da polícia militar.

O crime aconteceu nesta casa que é oferecida aos funcionários de uma empresa de carga e descarga de caminhões e o que mais impressiona isso tudo é o motivo do crime, o sumiço de um celular. 

“O celular aparentemente desapareceu, não foi encontrado até agora e o assassino acusava então a vítima de ter desaparecido com o seu celular, houve essa discussão, houve vias de fato e lamentavelmente a vítima acabou perdendo a sua vida por um motivo fútil.” Afirmou o Tenente Castro, da polícia militar.

A arma do crime foi uma faca de cozinha, o corte foi tão profundo que quase degolou a vítima, os vizinhos que presenciaram o assassinato se assustaram com a cena.

“Quando foi 2 horas, a vizinha daquela casa alta lá, veio chamar que tinha matado o rapaz ali e foi cortada a cabeça fora, mas não chegou separar a cabeça, só cortou assim, cortou a boca até chegar na orelha e furou os dois olhos dele com a pontinha da faca, mas mesmo aqui da rua, eu olhei o sangue tava até no meio da parede e o chão todo cheio de sangue, tava horrível né tô assustada até agora.” Afirmou a vizinha, que mora próxima ao local do assassinato.

O autor do crime fugiu antes da chegada da polícia militar.
“Ou ele se apresenta na polícia antes que seja expedido mandado de prisão, ou ele vai ser buscado de forma coercitiva por força de ser mandado de prisão que com certeza já está sendo solicitado.” Afirmou o Tenente Castro, da polícia militar.