Filho é suspeito de amarrar e matar mãe e enterrar pai no quintal de casa

Neste sábado (15) a Polícia Militar foi atender uma ocorrência em uma casa na Rua Dom João VI, no bairro Cajuru, em Curitiba. A denúncia foi feita por uma sobrinha dos residentes da casa, que relatou aos policiais que a tia estava desaparecida há, aproximadamente, dois dias.

Na ligação com a polícia, ela ainda contou que, junto com outros parentes, foi até a casa. Em um primeiro momento, o filho da vítima não deixou que eles entrassem. Após um tempo os familiares voltaram e encontraram sangue em várias partes do local e o quarto da tia estava fechado.

Ao chegar na residência, as equipes policiais encontraram Maria de Oliveira, 69 anos, morta no quarto. Ela estava com as mãos amarradas para trás, com sinal de asfixia e com um saco preto na cabeça. O filho, Sérgio Júnior, 40 anos, confessou que matou a mãe.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes. Enquanto isso, no quintal da casa, equipes do Corpo de Bombeiros trabalhavam para encontrar o corpo do pai, Sérgio Casturino, 71 anos, que estava desaparecido.

O filho afirmou que havia matado o pai há uma semana. Em uma cova rasa, os peritos encontraram o corpo, que apresentou sinais de perfuração. A informação é que Júnior matou o pai a marteladas.

De acordo com a polícia, o suspeito é usuário de drogas e teria tido uma discussão com o pai no dia 9 de maio, Dia das Mães.